Nuno Trocado

[en] [pt]

Nuno Trocado

Nuno Trocado is a composer and guitarist crossing various contemporary musical constellations. He is particularly interested in the combination between the spontaneity of improvisation and the rigor of algorithmic composition. His work also focus on the multiple meanings of noise, and frequently entails collaborations with other musicians and with artists of different disciplines.

He holds a degree in jazz guitar and is active in several improviser groups, both as a leader and as a sideman. He also obtained a master's degree in composition and music theory from ESMAE (Porto, Portugal).

In the context of a residence in the 2017 edition of the Guimarães Jazz festival, he created Cotovelo, a disciplinary crossing between music and theater, edited by the Carimbo Porta-Jazz label and awarded with a grant by the GDA Foundation. He composed for various instrumental ensembles and presented electro-acoustic works. His work 2458208, for ensemble and electronics, was recorded by the Ensemble de Música Contemporânia da ESMAE and the score published by MPMP. He's a co-founder of the collective Pãodemónio, contributing guitar and electronic noises to both their albums released so far.


Nuno Trocado é um guitarrista e compositor que cruza várias constelações musicais contemporâneas. Interessa-se em especial pela combinação entre a espontaneidade da improvisação e o rigor da composição algorítmica, pelo ruído nas suas várias acepções e pela colaboração com outros músicos e artistas de diferentes disciplinas. Nuno Trocado é licenciado em Jazz/Guitarra e mestre em Composição e Teoria Musical pela Escola Superior de Música e Artes do Espectáculo, no Porto. Estudou ainda na Escola de Jazz do Porto, onde também foi professor. Entre outros cursos e workshops, em 2014 integrou o ensemble do seminário de composição orientado por Guillermo Klein no Centro Cultural de Belém. Participou em representação da Escola Superior de Música na 12.ª Festa do Jazz do S. Luiz (Lisboa). Escreveu música para teatro e realizou trabalhos de sonoplastia. Fez parte de Orquestra de Guitarras e Baixos Eléctricos, liderada por Pedro Cardoso (Peixe). Tocou com vários projectos na Casa da Música, Fundação Serralves, Centro Cultural de Belém e em vários festivais, clubes e auditórios do país. Em Maio de 2014 foi lançado o disco de estreia do colectivo Pãodemónio, de que é membro. Em 2015 apresenta ao público o primeiro projecto como líder, intitulado Borboletas e Canhões. Tocou no grupo da Residencial Porta-Jazz com o trompista holandês Morris Kliphuis. Compôs uma peça para o projecto Maquinista, apresentado na Estação de S. Bento. Integra o quarteto Rodong-4, com Hugo Ciríaco, Diogo Dinis e Tó Torres. Participou na edição de 2017 do festival Guimarães Jazz com Cotovelo, um espectáculo de cruzamento disciplinar música/teatro criado em residência artística no âmbito do festival, editado em disco no ano seguinte. Colaborou com a fotógrafa Dária Salgado e com o contrabaixista Sérgio Tavares no projecto Elegia. Escreveu música para o Coreto Porta-jazz, para o Ensemble de Música Contemporânea da ESMAE, e para diversas formações instrumentais, bem como música electroacústica. Mantém ainda o Nuno Trocado Quarteto, com formação variável, dedicado à exploração quer dos "jazz standards" quer de composições originais dos seus membros.